Entrevista: Dia Mundial da Hepatite

28 julho 2017

A Organização Mundial da Saúde, OMS, afirmou que 28 países registram aproximadamente 70% dos casos de hepatite no mundo e o Brasil está entre essas nações.

Segundo o relatório lançado pela agência da ONU para marcar o Dia Mundial da Hepatite, este 28 de julho, estão ganhando força as ações adotadas pelos governos erradicar a doença.

De São Paulo, no Brasil, em entrevista à ONU News, a diretora da ONG “C tem que saber C tem que curar”, Tina Martucci, disse que a situação é bastante complicada no país porque não existem campanhas efetivas dos governos.

Segundo ela, os governos não tentam buscar pacientes para encaminhar para tratamentos. “Quando uma pessoa apresenta um sintoma, ela já está em estágio de óbito”, afirmou Martucci.

Dados da OMS mostram que 325 milhões de pessoas sofriam de hepatite em todo o mundo, em 2015. O número de mortes globais causadas pela doença chegou a 1,3 milhão no mesmo ano.

Tina Martucci disse que no Brasil, a hepatite C mata 12 pessoas ao dia. Já entre a hepatite C e a hepatite B, mais ou menos um 1,7 milhão de pessoas são infectadas no país.

Acompanhe a entrevista com Edgard Júnior.

Duração: 03'41"

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud