Na Nigéria, vice-secretária-geral afirma que é preciso investir nas mulheres
BR

20 julho 2017

Amina Mohammed  quer maior dinâmica e desenvolvimento tendo em conta a contribuição feminina; República Democrática do Congo é próximo destino da delegação que inclui a chefe da ONU Mulheres.

Amina Mohammed  quer maior dinâmica e desenvolvimento tendo em conta a contribuição feminina; República Democrática do Congo é próximo destino da delegação que inclui a chefe da ONU Mulheres.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.*

A vice-secretária-geral da ONU, Amina Mohammed, disse esta quinta-feira que sem um maior investimento nas mulheres não será possível cumprir os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, ODSs .

A representante falava da capital nigeriana, Abuja, onde lidera uma delegação que esteve na Nigéria antes de partir para a República Democrática do Congo.

Investimentos

Mohammed disse que já se sabe  que desde a área da economia passando pela estabilidade e a paz, não se conseguirá atingir as metas investindo na metade da população. Ela definiu os recursos humanos como maior bem da nação e do continente e destacou que as mulheres são muitas vezes a metade que carece de investimentos.

No périplo africano, Amina Mohammed é acompanhada pela diretora executiva da ONU Mulheres, pela representante especial sobre Violência Sexual em Conflito e a enviada especial da União Africana sobre Mulheres, Paz e Segurança.

O objetivo da viagem é abordar questões gerais ligadas à paz, segurança e desenvolvimento, com ênfase nos direitos das mulheres e sua capacitação.

Falando do caso da Nigéria, Amina Mohammed disse que a meta é dinamizar o desenvolvimento ouvindo e ampliando mensagens sobre as mulheres para envolver o grupo na tomada de decisões.

Parceiro

Mohammed disse que as mulheres sofrem as sofre as consequências de várias tragédias atuais, e pretende-se sair dessas crises com as Nações Unidas como parceiro construtivo na busca de soluções para o desenvolvimento sustentável.

Para a vice-secretária-geral enfatizar os direitos e o papel das mulheres é também uma grande parte do desenvolvimento econômico.

*Apresentação: Laura Gelbert.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud