ONU propõe série de medidas para avanço do Sahel

12 julho 2017

Ações priorizam jovens; parceiros da região discutiram apoio à região em Londres; população cresce cerca de 2,8%; vários fatores juntam-se à insegurança e instabilidade provocados pelo extremismo violento, terrorismo e deslocamentos.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.*

A subsecretária-geral das Nações Unidas propôs medidas para promover avanços da região africana do Sahel e na Bacia do Lago Chade em reunião com parceiros ocorrida na quinta-feira em Londres, no Reino Unido.

Na ocasião, Amina Mohammed pediu que os parceiros internacionais coloquem os jovens da região africana no topo do processo de desenvolvimento.

Investimento

A representante disse haver uma alta proporção de desempregados e pessoas sem esperança no futuro, ao pedir esforços concertados para investir nos jovens torná-los agentes de mudança e parceiros para paz e segurança.

A vice-chefe da ONU citou como desafios as alterações climáticas, as secas recorrentes e a degradação ambiental que agravam a insegurança e a instabilidade devido ao extremismo violento, terrorismo e aumento de deslocados.

A outra preocupação é o fraco acesso à educação no Sahel e na Bacia do Lago Chade, onde a população cresce cerca de 2,8 % ao ano.

Casamento infantil

O problema caminha lado a lado com o aumento do desemprego, da pobreza e a alta prevalência do casamento infantil e da mutilação genital feminina na área.

A primeira sugestão avançada no encontro são “respostas internacionais imediatas e concertadas” para abordar a relação entre questão humanitária e desenvolvimento com atenção particular em mulheres e jovens.

Amina Mohammed também propôs um compromisso político dos governos da região para cumprir o Roteiro da União Africana nas áreas de saúde, educação, emprego e governação.

A organização também quer que seja reforçado o apoio para a implementação da Estratégia Integrada das Nações Unidas para o Sahel.

*Apresentação: Denise Costa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud