Especialistas da ONU em prevenção da tortura anunciam visita a Portugal
BR

7 julho 2017

Burundi, Espanha e Uruguai também estão entre os países que serão visitados este ano; objetivo é avaliar tratamento de pessoas privadas de liberdade, assim como medidas tomadas para sua proteção contra tortura e maus tratos.

Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.

Portugal, Burundi e Uruguai são alguns dos países que a Subcomissão sobre Prevenção da Tortura visitará em 2017. O objetivo é avaliar o tratamento de pessoas privadas de liberdade, assim como medidas tomadas para sua proteção contra tortura e maus tratos.

Sob o mandato da subcomissão, seus integrantes podem fazer visitas não anunciadas a qualquer lugar onde pessoas estejam ou possam estar privadas de sua liberdade, incluindo prisões, delegacias, centros de migrantes, serviços de segurança e hospitais psiquiátricos.

Aconselhamento

Além disso, o órgão fornece aconselhamento a autoridades nacionais sobre a criação de órgãos domésticos de monitoramento conhecidos como Mecanismos Nacionais de Prevenção. A subcomissão da ONU também presta assistência ao funcionamento destes órgãos nacionais.

Nos próximos meses, a Subcomissão sobre Prevenção da Tortura também visitará Burquina Fasso, Espanha, Marrocos, Mongólia, Panamá e Ruanda. Neste ano, o grupo já esteve nos seguintes países: Bolívia, Hungria, Níger e ex-República Iuguslava da Macedônia.

*Apresentação: Michelle Alves de Lima.

Notícias Relacionadas:

Para ONU, incidentes em presídios de Manaus "não são casos isolados"

Grupo da ONU de prevenção à tortura chega em Moçambique

Em Lisboa, Guterres fala sobre fragilidades para cumprir Agenda 2030 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud