Conferência sobre o Chipre encerra sem acordo
BR

7 julho 2017

Secretário-geral não descarta novas iniciativas para resolver problema da ilha do Mediterrâneo separada desde 1974; negociações decorreram na estância suíça de Crans-Montana.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

A Conferência sobre o Chipre terminou na madrugada desta sexta-feira sem que as partes alcançassem acordo. A informação foi dada a jornalistas pelo secretário-geral das Nações Unidas em Crans-Montana, na Suíça.

O chefe da ONU “lamentou profundamente” dar informação do desfecho das negociações apesar do que chamou de “compromisso muito forte e empenho de todas as delegações e participantes.

Compromisso

Guterres elogiou a presença das delegações greco-cipriota e turco-cipriota, a Grécia, a Turquia, o Reino Unido e a União Europeia como observadora além da equipa das Nações Unidas.

O secretário-geral chegou na quinta-feira à Suiça para acompanhar as negociações como parte dos esforços diplomáticos para voltar a unir a ilha separada em 1974. Guterres seguiu depois para participar na reunião do G20 em Hamburgo, na Alemanha.

Líderes

O chefe da ONU declarou que o desfecho da conferência sem acordo não impede que outras iniciativas possam ser desenvolvidas para resolver o problema do Chipre.

No seu pronunciamento, o secretário-geral agradeceu aos líderes das duas comunidades e desejou o “melhor aos cipriotas do norte e sul”.

O encontro juntou representantes dos chamados garantidores, do bloco europeu e da ONU, liderada pelo representante especial de Guterres Espen Eide. O secretário-geral disse que foi feito todo o possível para aproximar as posições das delegações.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud