ONU reforça capacidade juvenis para combate às drogas na Guiné-Bissau

30 junho 2017

Parceria entre o Gabinete Integrado da ONU para a Consolidação da Paz e Observatório guineense de Luta Contra Drogas tem as vertentes capacitação e sensibilização; Ateliê para universitários aponta aumento no consumo de drogas.

Amatijane Candé, de Bissau para a ONU News

Vários bairros de Bissau acolhem este fim de semana a Campanha para Prevenção do Consumo de Drogas.

A iniciativa é promovida pelo Observatório Nacional de Luta Contra Droga e Toxicodependência com o apoio do Escritório da ONU no país e o Gabinete das Nações Unidas para o Combate as Drogas e o Crime Organizado, Unodc.

Tráfico

A campanha inscreve-se no âmbito das comemorações do Dia Internacional Contra Abuso de Drogas e Tráfico Ilícito que foi assinalado a 26 de junho. Um evento comemorativo foi  o ateliê sobre o flagelo realizado na Universidade Lusófona da Guiné-Bissau.

Falando no encerramento da exibição, o conselheiro jurídico do representante especial do Secretário-geral das Nações Unidas destacou os males da droga em várias vertentes.

Para Hermenegildo Pereira, antigo procurador-geral da República, quando a droga mexe com a estrutura do Estado, o resultado pode ser problemas de instabilidade politica e social.

“Ela não só tem a ver com a questão de consumo, mas tem a ver com questões de tráfico e questões relacionados ao tráfico sobretudo o branqueamento de capitais, a corrupção, o terrorismo e toca com a estabilidade politica. Quando mexe com as estruturas do estado, nenhum estado pode ter a tranquilidade para fazer face a luta”.

Toxicodependência

A educação para a paz, o tráfico e o branqueamento de capitais e o consumo de drogas e o seu impacto na saúde foram alguns dos temas debatidos no ateliê que antecede a campanha de sensibilização intitulado “para um futuro livre de drogas”.

A ideia é sensibilizar e capacitar os jovens na matéria de tráfico e consumo de drogas.

Maior consumo

Abílio Aleluia Có Júnior é o Coordenador do Observatório Guineense de Luta Contra Drogas e Toxicodependência. Segundo ele, o consumo de drogas registou um aumento no seio da comunidade juvenil do país.

“Este fenómeno tem aumentado nestes últimos anos na Guiné-Bissau, existe muitos jovens que se tornarão reféns do consumo de drogas. Por isso mais uma vez, eu lanço um vibrante grito de socorro as autoridades competentes, as Nações Unidas e a Sociedade Civil para que unam esforços no combate a este fenómeno”.

A prática de consumo é uma nova abordagem na problemática de drogas no país.

A questão era o uso da Guiné-Bissau por redes criminosas como placa giratória para fazer chegar o produto proveniente da América do sul a Europa. Nos últimos meses, a polícia judiciária guineense efetuou algumas apreensões dessas substâncias.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud