ONU: “Mulheres são cada vez mais necessárias” para acabar com conflitos

28 junho 2017

Chefe das missões de paz falou de atributos que tornam o grupo único na atuação em prol da paz; entre encarregados, polícia, tropas e especialistas mulheres perfazem 4,2% dos 96,6 mil funcionários das missões de paz.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.*

O subsecretário-geral da ONU para as Operações de Manutenção da Paz, Jean-Pierre Lacroix, afirmou que as mulheres são cada vez mais necessárias para acabar com conflitos.

As declarações foram feitas em entrevista à ONU News onde o representante falou das prioridades no sector quando as mulheres representam apenas 4,2% dos 96,6 mil funcionários das missões de paz. O total inclui encarregados, polícia, tropas e especialistas.

População

“Nós precisamos de mais mulheres nas nossas operações de manutenção de paz. Não é somente uma questão de paridade é uma questão de eficácia porque as mulheres policiais e militares podem ajudar muito na criação de condições mais favoráveis para a paz porque elas ajudam a estreitar a relação com a população e a estreitar a confiança, por isso é também uma prioridade para nós.”

Na conversa, Lacroix disse que deve ser dada especial atenção a áreas como novas tecnologias, treinamento e cooperação mas destacou os esforços de combate ao abuso e à exploração sexual nas missões de paz.

O representante da ONU destacou que apesar dos múltiplos desafios deve ser levado em conta o sucesso das operações ao salvarem vidas no terreno.

*Apresentação: Denise Costa.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud