Nigéria: ONU quer responsáveis das recentes explosões na justiça

27 junho 2017

Secretário-geral renovou apoio às autoridades para combater terrorismo e  extremismo violento; pelo menos 14 pessoas perderam a vida em Maiduguri  em atos ocorridos no domingo e segunda-feira.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

O secretário-geral António Guterres disse esperar que os responsáveis pela série de ataques a bomba de domingo e segunda-feira em Maiduguri, na Nigéria, sejam rapidamente levados à justiça.

Em nota, emitida esta terça-feira, António Guterres condenou os atos e reiterou o apoio das Nações Unidas ao governo do país para combater o terrorismo e o extremismo violento.

Mortos

Agências de notícias citam as autoridades como tendo anunciado 14 mortos nos incidentes ocorridos no sul da capital do estado de Borno.

De acordo com os relatos, o exército tentou conter os ataques num momento em que milhares de civis fugindo dos edifícios consumidos por chamas.

O secretário-geral endereçou condolências ao povo e ao Governo da Nigéria pela perda de vidas e desejou uma rápida recuperação aos feridos.

Notícias relacionadas:

Guterres promete "fazer tudo o que for possível" pela força regional do Sahel

Unicef: crise de desnutrição em quatro países está longe de acabar

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud