Guterres lamenta deslizamento que deixou mais de 120 soterrados na China
BR

24 junho 2017

Secretário-geral revela que ONU está pronta para apoiar as autoridades chinesas; pelo menos 15 pessoas teriam morrido e outras 120 ficaram soterradas; autoridades informaram que 62 casas faicaram debaixo da lama.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, expressou tristeza com a perda de vidas e com a devastação na sequência de deslizamentos de terra em Noxin, província chinesa de Sichuan.

Agências de notícias locais informaram que a catástrofe ocorreu às seis horas da manhã deste sábado, hora local. As autoridades teriam anunciado pelo menos 15 mortos e outras 120 vítimas que teriam ficado soterradas em 62 casas.

Apoio

Em nota publicada pelo seu porta-voz, António Guterres saúda os esforços nacionais de ajuda de emergência e recuperação.

O chefe das Nações Unidas disse que a organização está pronta para apoiar as autoridades chinesas de todas as formas possíveis se for necessário.

O secretário-geral encerra a nota enviando condolências ao povo e ao governo da China e desejando rápida recuperação aos feridos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud