Zeid elogia investigação internacional para apurar violações em Kassai
BR

23 junho 2017

Resolução aprovada pelo Conselho de Direitos Humanos determina criação de um grupo internacional de especialistas para apurar abusos e violações cometidos nesta região da Republica Democrática do Congo.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

O alto comissário da ONU de Direitos Humanos, Zeid Al Hussein, elogiou a criação de uma equipe de investigação internacional para apurar as alegações de violações e abusos ocorridos na região de Kassai, na República Democrática do Congo.

Segundo Zeid, a decisão do Conselho de Direitos Humanos envia uma mensagem clara aos responsáveis por esses crimes que a comunidade internacional está firme em levar essas pessoas à justiça.

Violência

O grupo de especialistas tem a missão de investigar as alegações de violações da lei humanitária internacional em Kassai Central e Kassai Oriental.

Desde 2016, aproximadamente 1,3 milhão de pessoas que vivem nestas áreas estão deslocadas por causa da violência e cerca de 30 mil fugiram para Angola.

Zeid afirmou que apresentará um relatório completo ao Conselho de Direitos Humanos com as conclusões dos especialistas. Segundo ele, o grupo conduzirá as investigações de forma independente e de acordo com os padrões internacionais, seguindo o exigido pelo Conselho.

O alto comissário da ONU espera contar com a cooperação das autoridades, em particular, autorizando acesso total a todos os lugares, documentos e pessoas.

O relatório final será entregue ao Conselho de Direitos Humanos em junho do ano que vem.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud