Secretário-geral condena ataque terrorista no Mali

20 junho 2017

Ação ocorreu num hotel nos arredores de Bamako a 18 de junho; agências de notícias anunciaram cinco mortos; António Guterres ofereceu pleno apoio ao governo maliano nas ações para levar os autores  à justiça.

Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, condenou o ataque terrorista realizado num hotel nos arredores da capital maliana Bamako no domingo.

Em nota emitida por seu porta-voz, o chefe da ONU expressou condolências às famílias das vítimas, à população e ao governo do Mali. Ele também desejou rápida recuperação aos feridos.

Minusma

Segundo agências de notícias, cinco pessoas morreram quando homens armados entraram na instância turística.

O secretário-geral elogiou a rápida reposta das forças de defesa e segurança malianas e das forças francesas, apoiadas pela Missão da ONU no Mali, Minusma.

Guterres ofereceu o seu pleno apoio ao governo maliano nas suas ações para levar os autores desses crimes à justiça.

De acordo com a nota, tal ato “fortalece a determinação das Nações Unidas de apoiar a população do Mali, o governo e os grupos armados signatários em suas ações para sustentar o acordo de paz, para conter o terrorismo e o extremismo violento e em sua busca por paz e estabilidade duradouras”.

Notícias Relacionadas:

Enviado da ONU saúda iniciativa de força de reação rápida regional no Mali

Tropas de paz morrem em ataque a acampamento no norte do Mali

Missões da ONU fundamentais para paz em África, diz embaixador português

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud