Chefe da ONU disse que refugiados nunca perderam sonho para seus filhos
BR

20 junho 2017

António Guterres afirmou que as histórias dessas pessoas são de partir o coração com dificuldades, separação e morte: ele disse que é inspirador ver que os países com menos recursos são os que mais ajudam os refugiados.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, afirmou que os refugiados “nunca perderam os sonhos para seus filhos” ou a vontade de melhorar o mundo.

A declaração de Guterres faz parte da mensagem para marcar o Dia Mundial do Refugiado, esta terça-feira, 20 de junho.

Pesadelo

O chefe das Nações Unidas disse que “nunca houve tantas pessoas como agora vivendo o pesadelo de fugir de guerras, desastres naturais ou da perseguição.

Segundo ele, as histórias dessas pessoas são de partir o coração, incluem dificuldades, separação e morte.

Ao mesmo tempo, Guterres afirmou que os refugiados pedem muito pouco em troca, querem apenas o apoio da comunidade internacional nesse momento de maior necessidade e também solidariedade.

Inspirador

Para o secretário-geral, “é inspirador ver que os países que têm menos recursos são os que mais ajudam os refugiados”.

O chefe da ONU pediu que todos reflitam sobre a coragem das pessoas que são obrigadas a fugir e a compaixão de todos os que os acolhem.

Ele quer restabelecer a integridade do regime internacional de proteção ao refugiado e pediu a todos que trabalhem juntos para dar a cada uma dessas pessoas a chance de construir um futuro melhor.

Notícias relacionadas:

Guerras e violência deixaram 65,6 milhões de deslocados no mundo

Secretário-geral: "violência sexual em área de conflitos é tática de guerra"

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud