Entrevista: Dr. Carlos Roberto Jorge

14 junho 2017

A Organização Mundial da Saúde, OMS, lançou uma campanha para incentivar e aumentar as doações de sangue no mundo inteiro.

A iniciativa marca o Dia Mundial do Doador de Sangue, esta quarta-feira, 14 de junho. A agência da ONU pergunta O que você pode fazer? E a resposta é: “Doe Sangue. Doe Agora. Doe Sempre.”

De São Paulo, o médico da Fundação Pró-Sangue, ligada ao governo do Estado de São Paulo, no Brasil, Carlos Roberto Jorge, falou à ONU News, sobre a situação das doações de sangue no país.

Segundo ele, “o Brasil está bem aquém” do que deveria estar. O médico afirmou que a Organização Mundial da Saúde especifica que entre 4 e 5% da população doe sangue.

No Brasil, ele disse que o país tem menos de 2%, por volta de 1,9% da população doando sangue.

O médico falou ainda sobre a necessidade de incentivos e de um programa de educação para incentivar a prática da doação de sangue.

Acompanhe a entrevista com Edgard Júnior.

Duração: 07'19"

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud