Entrevista: A esperança de refugiados congoleses no norte de Angola

12 junho 2017

Paolo Balladelli é coordenador residente do Sistema das Nações Unidas em Angola e descreve o que os congoleses fazem para sobreviver até que melhore a situação de violência da República Democrática do Congo, RD Congo.

“É muito difícil fazer uma previsão neste momento porque temos cerca de 500 pessas que entram no país por dia,” conta à ONU News o chefe da ONU em Angola na entrevista dada antes do lançamento de um pedido de apoio internacional.

Esta segunda-feira, as Nações Unidas lançaram o apelo consolidado de US$ 65 milhões para prestar auxílio a mais de 50 mil pessoas, número total de refugiados que se espera que venha a ser registado nos próximos meses.

Acompanhe a conversa com Eleutério Guevane.

Duração: 07'26"

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud