Acnur ajuda vítimas do ciclone Mora que atingiu Bangladesh
BR

31 maio 2017

Agência da ONU está cooperando com autoridades locais para levar suprimentos de emergência a refugiados da população Rohingya, minoria muçulmana no país.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

A agência das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, e parceiros estão levando ajuda às vítimas do ciclone Mora que atingiu Bangladesh nesta terça-feira.

Com ventos de 117 km/hora, o ciclone afetou a região sudeste do país onde vivem milhares de pessoas da população Rohingya, de minoria muçulmana. Elas estão em acampamentos para refugiados e vilarejos danificados pelos fortes ventos que derrubaram árvores e destruíram casas na região.

Tratamento

O representante do Acnur em Bangladesh, Shinji Kubo, disse que mais de 20 refugiados em dois acampamentos da agência receberam tratamento médico.

Ele afirmou que a agência conseguiu evitar um grande número de mortos nessas áreas porque houve um processo de preparação com as autoridades locais antes da chegada da tempestade.

O Acnur posicionou funcionários, preparou escolas e outras instalações comunitárias para abrigar a todos os que precisassem de proteção. Um esforço especial foi feito para proteger também aqueles em situação mais vulnerável, como por exemplo grávidas e pessoas doentes.

Avaliações

Nas avaliações iniciais pós-ciclone, o representante do Acnur afirmou que aproximadamente 20% das residências na região foram destruídas. Alguns refugiados já começaram a reconstruir suas casas e outros foram transferidos para locais mais seguros.

Muitas pessoas perderam todo o estoque de comida, combustível e utensílios de cozinha que tinham por causa do ciclone. O Programa Mundial de Alimentos, PMA, está distribuindo comida para a população.

Shinji Kubo afirmou que a agência está tendo dificuldade para levar ajuda às pessoas mais necessitadas em algumas áreas por causa das redes elétricas que caíram devido a tempestade.

Notícias relacionadas:

Mianmar: Unicef alerta que benefícios do desenvolvimento não chegam a todos

ONU denuncia crueldades contra população Rohingya em Mianmar

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud