Entrevista: O último soldado de paz que vai deixar o Haiti

25 maio 2017

O general brasileiro Ajax Porto Pinheiro comanda forças de paz de 19 países que integram a Missão das Nações Unidas no Haiti, Minustah. A sua primeira experiência no país foi como chefe militar logo após o furacão de 2010.

O militar será o último soldado internacional a deixar o país caribenho e destaca o bom relacionamento com os haitianos. Para ele, sair do Haiti em outubro será “na hora certa em que o país está pronto para caminhar com as próprias pernas”.

Como legado dos boinas azuis para os haitianos, Ajax Porto Pinheiro fala de um Estado “que já pode funcionar com normalidade.” O destaque é para uma geração de jovens “que só viram um país organizado, crescendo e dando certo”.

Um dos mais marcantes exemplos do trabalho das forças de paz é a comunidade de Cité Soleil, hoje “uma das áreas mais calmas de Porto Príncipe”. Saiba o que mudou na área que foi considerada uma das mais perigosas do mundo.

Mas algo muito maior altera a vida de uma boina azul no Haiti. Ouça a conversa com Eleutério Guevane e Monica Grayley.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud