Bactéria que causa meningite foi causa de morte em funeral na Libéria
BR

16 maio 2017

Organização Mundial da Saúde ajudava a investigar doença misteriosa que afetou 21 pessoas que frequentaram um velório em abril, sendo que 12 morreram; doença meningocócica confirmada em 13 amostras de sangue.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, anunciou nesta terça-feira que foi descoberta a causa de uma “doença misteriosa” que afetou, em abril, 21 pessoas que frequentaram um funeral na Libéria. Entre esses pacientes, 12 morreram.

A agência da ONU ajudava a investigar o caso e testes de laboratório recentes confirmaram que a bactéria Neiserria meningitidis foi a causa da morte e do mal-estar que atingiu as pessoas que participaram do velório no país africano.

Amostras de sangue

Essa bactéria pode causar tanto a meningite, uma infecção cerebral e do fluido espinhal, quanto a meningococemia, uma infecção no sangue. Como a bactéria foi encontrada em amostras de sangue, a OMS explica que os pacientes sofreram de meningococemia e por isso, alguns sintomas da meningite não foram apresentados.

A bactéria foi confirmada em 13 amostras de sangue e uma pessoa apresentou sintomas clínicos. Portanto, 14 pessoas foram confirmadas com a bactéria, sendo que 11 morreram e três sobreviveram.

As autoridades de saúde pública da Libéria continuam as investigações para preparar o sistema de saúde para futuros surtos.

Notícias relacionadas:

Após descartar ebola na Libéria, OMS investiga comida servida em velório

Libéria tenta desvendar doença misteriosa que já matou 11 no país 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud