Alternativa à trégua na Síria são outras “10 Alepos”, diz enviado da ONU
BR

11 maio 2017

Staffan de Mistura falou sobre acordo assinado por Rússia, Turquia e Irã em Astana; tratado busca criar quatro zonas de redução de conflito dentro da Síria; nova rodade de conversas de paz sobre o país começa em 16 de maio.

Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.*

O enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, expressou otimismo cauteloso que um novo cessar-fogo possa ajudar a nova rodada de conversas de paz sobre o país, marcada para 16 de maio em Genebra.

Para ele, não aproveitar o acordo para beneficiar os sírios poderia resultar outras “10 Alepos”, em referência aos combates entre forças do governo e de oposição pelo controle da cidade em 2016.

Acordo

As declarações do enviado especial foram feitas após a assinatura de um acordo para criar quatro zonas de redução de conflito dentro da Síria.

O tratado foi assinado em Astana, no Cazaquistão, por Rússia, Turquia e Irã, três países com influência no terreno.

De Mistura afirmou que algumas delegações de oposição deixaram as negociações em Astana, mas que a “maioria” permanece comprometida com as quatro zonas de segurança.

Situação humanitária

Uma semana após o anúncio do acordo, houve uma diminuição nos combates e ataques aéreos no país.

Já o conselheiro especial da ONU, Jan Egeland, alertou para um “encolhimento do espaço humanitário” dentro da Síria.

Em Genebra, Egeland disse a jornalistas que "os comboios não estão passando", e as pessoas estão "à beira da fome".

*com reportagem de Daniel Johnson, da ONU News em Genebra.

Notícias Relacionadas:

Conversações sobre Síria na ONU serão retomadas em 16 de maio

ONU pede continuação de conversações de paz para a Síria

Chefe humanitário quer ação imediata do Conselho de Segurança na Síria

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud