União Europeia diz concordar com ONU em estratégia contra conflitos
BR

9 maio 2017

Alta representante da União Europeia declarou ao Conselho de Segurança que “a maneira europeia é a maneira da ONU”; Federica Mogherini defendeu financiamento de agências da ONU e disse esperar que os “Estados Unidos irão encontrar uma forma de permanecer comprometidos com o Acordo de Paris”.

Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.

Segundo a alta representante da União Europeia para Relações Exteriores, Federica Mogherini, o bloco e as Nações Unidas partilham um doutrina que busca encontrar um “espaço onde um acordo possa sempre prevalecer sobre confronto”.

Ao Conselho de Segurança, Mogherini defendeu que a melhor forma de alcançar paz e segurança duradouras não é contar apenas com poder militar, mas concentrar-se em desenvolvimento, crescimento e direitos humanos.

Caminho

Ela declarou que o jeito europeu é uma busca constante por soluções onde haja apenas vencedores e a “essência das Nações Unidas é representar um espaço onde o acordo possa sempre prevalecer sobre o confronto”.

Por isso, disse Mogherini, “a maneira europeia é a maneira da ONU”.

Estados Unidos

Falando diretamente aos Estados Unidos, a representante europeia defendeu ser vital continuar financiando plenamente agências da ONU ao redor do mundo.

Para Mogherini, elas “são tão importantes para a paz e segurança globais quanto os gastos de defesa” e às vezes mais. Ela afirmou que “os europeus consideram esse apoio ao sistema das Nações Unidas como investimentos cruciais” para a segurança do bloco.

A representante citou a fome que está atingindo o Chifre da África que, segundo ela, “tem o potencial de tornar ainda pior um situação frágil de segurança”.

Mudança Climática

Para Federica Mogherini, isto também é um “poderoso lembrete” de que mudança climática é real e já está tendo impactos no ambiente de segurança, afirmando que “tudo está ligado”.

A representante europeia disse respeitar o debate em curso, mas declarou continuar esperando que os “Estados Unidos irão encontrar uma forma de permanecer comprometido com o Acordo de Paris”.

Síria e Líbia

Federica Mogherini afirmou que a União Europeia apoia a decisão do enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, de retomar as conversas de paz sobre o país, em Genebra.

Ela falou ainda sobre a situação de migrantes na Líbia. No Conselho, a representante anunciou um pacote de 90 milhões de euros em apoio ao trabalho de três agências das Nações Unidas no país: a Organização Internacional para Migrações, OIM, a Agência da ONU para Refugiados, Acnur, e o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud.

Notícias Relacionadas:

Alta representante afirma que União Europeia precisa das Nações Unidas

Projeto da OIM patrocinado por UE ajuda a levar migrantes de volta a casa

Relatório mostra riscos a migrantes e refugiados na travessia à Europa 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud