OMS: velocidade máxima de 50km/h para evitar mortes nas estradas
BR

8 maio 2017

Relatório da agência da ONU marca a Semana Mundial sobre Segurança no Trânsito; alta velocidade é responsável por um terço dos óbitos em vias de tráfego que chegam a 1,2 milhão por ano.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, divulgou um relatório recomendando que o limite de velocidade para reduzir mortes no trânsito deve ser de 50km por hora.

O documento marca a Semana Mundial sobre Segurança no Trânsito, que acontece entre 8 e 14 de maio.

Alta velocidade

Segundo a agência da ONU, a alta velocidade é responsável por um terço das mortes por acidentes em vias de tráfego: 1,25 milhão.

A OMS diz que os motoristas homens, jovens e sob influência de bebidas alcoólicas são mais propensos a se envolverem em acidentes relacionados à velocidade.

Incidentes no trânsito continuam sendo a principal causa de morte entre os jovens com idade de 15 a 29 anos.

Prejuízos

Estimativas indicam que os prejuízos trazidos por essas fatalidades custam aos países entre 3% e 5% de seu Produto Interno Bruto,PIB, além de contribuírem para levar muitas famílias à pobreza.

Entre as medidas de gestão da velocidade sugeridas pela OMS, estão a construção ou modificação de vias para incluir recursos que moderam o tráfego, tais como rotatórias e obstáculos de velocidade e estabelecer limites de velocidade adequados à função de cada via, rua ou estrada.

Mas principalmente, conscientizar os motoristas, jovens ou mais experientes, sobre os perigos da velocidade.

Notícias relacionadas:

Belo Horizonte recebe prêmio por segurança no trânsito

OMS: Declaração de Brasília aponta formas de reduzir acidentes de trânsito

Banco Mundial defende maior financiamento para segurança no trânsito

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud