Mossul: após seis meses de batalha, água é uma das prioridades para ONU
BR

26 abril 2017

Cerca de 2,3 milhões de litros estão sendo transportados por dia para a parte oriental da cidade; cerca de 450 mil pessoas tiveram de sair de suas casas e esse número continua “crescendo rapidamente”, segundo Ocha; operação militar busca retomar controle da área sob comando do local do grupo terrorista Isil.

Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.

Água potável é uma grande preocupação na cidade iraquiana de Mossul, onde nos últimos seis meses uma operação militar está sendo realizada para retomar o controle da área comandada pelo grupo terrorista Estado Islâmico do Iraque e do Levante, Isil.

Cerca de 450 mil pessoas tiveram de sair de suas casas e esse número continua “crescendo rapidamente”, de acordo com o Escritório da ONU para Coordenação de Assuntos Humanitários, Ocha, no Iraque.

Água

Parceiros humanitários estão transportando cerca de 2,3 milhões de litros de água por dia para a parte oriental da cidade.

No entanto, o Ocha alertou que em áreas recém tomadas no oeste de Mossul, o transporte do produto já começou, mas é preciso aumentar a quantidade.

A ONU também está trabalhando para restabelecer a rede de abastecimento de água da cidade.

Emergência

Além disso, comida e itens de higiene estão sendo distribuídos para famílias próximas às linhas de combate. Mais de 2,1 milhões de pessoas receberam ajuda urgente desde outubro.

Com os combates, garantir que os feridos recebam o tratamento que precisam rapidamente permanece sendo uma prioridade.

Desde meados de outubro, mais de 8,1 mil pessoas foram enviadas a hospitais em Mossul e arredores. Novos centros de saúde foram criados.

A ONU e seus parceiros também estão trabalhando para fornecer abrigo e proteção às famílias, especialmente a mulheres e crianças.

No entanto, são necessários mais recursos. Até o momento, apenas 17% do  Plano de Resposta Humanitária 2017 para o Iraque, que é de US$ 985 milhões, foi financiado, de acordo com o Ocha. Desde total, cerca de US$ 331 milhões são para a operação em Mossul.

Notícias Relacionadas:

ONU: centenas de milhares podem sair de Mossul nas próximas semanas

Imagens mostram mais de 1,1 mil casas destruídas em Mossul

Acnur abre novo campo com aumento do deslocamento do oeste de Mossul

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud