Entrevista: Doenças Tropicais Negligenciadas

21 abril 2017

A Conferência de Doenças Tropicais Negligenciadas começou em Genebra com a promessa de mais de US$ 810 milhões em doações para combater o problema.

A embaixadora do Brasil junto à ONU, em Genebra, Maria Nazareth Farani Azevêdo, a presidente da Fiocruz, Nísia Trindade Lima, e o presidente do conselho administrativo da farmacêutica EMS, Carlos Sanchez, conversaram com a ONU News sobre o que está sendo feito na luta contra as DTNs.

A embaixadora Nazareth Farani Azevêdo disse que o Brasil quer ser um ator global para eliminar essas doenças e afirmou que o país vai lançar em breve uma biblioteca virtual sobre saúde num Sistema de cooperação com as nações da Cplp, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

A chefe da Fiocruz falou sobre o trabalho da organização para combater o problema e sobre a cooperação com outros países.

Carlos Sanchez disse que a EMS está doando remédios para a OMS combater a bouba, uma doença infecciosa que atinge a pele, os ossos e as cartilagens em países da África e da Ásia.

Acompanhe a conversa com Edgard Júnior.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud