Comboio da ONU consegue entregar mantimentos para 35 mil sírios
BR

11 abril 2017

Ajuda chegou a áreas difíceis de serem alcançadas na zona rural de Damasco; a última vez que a organização conseguiu entregar água e comida nas cidades de Yalda, Babila e Beit Sahm foi há quase dois anos.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.

Um comboio humanitário das Nações Unidas e do Crescente Vermelho Sírio conseguiu entregar mantimentos para 35 mil civis no fim de semana. Essas pessoas moram em cidades da área rural de Damasco onde o acesso é muito difícil: Yalda, Babila e Beit Sahm.

Os milhares de civis receberam comida, água, kits de saneamento e medicamentos. A última vez que as equipes da ONU haviam conseguido entregar ajuda nessa região da Síria foi há dois anos.

Planejamento

Nas próximas semanas, a Agência da ONU de Assistência a Refugiados Palestinos, Unrwa, planeja entregar mantimentos para os palestinos que estão na Síria.

As Nações Unidas continuam pedindo acesso “incondicional e prolongado a 5 milhões de pessoas que estão vivendo sob cerco ou em áreas do país difíceis de serem acessadas”.

Insegurança

Por exemplo, na cidade de Atabaqa, no estado de Raqqa, a ONU está muito preocupada com a segurança e a proteção de 30 mil civis, após relatos de operações militares.

Devido aos riscos, as pessoas acabam sem sair da cidade, enfrentando piora nas condições humanitárias, de saúde e de segurança. Os moradores estão sem água ou eletricidade há 20 dias.

A insegurança e os confrontos na cidade inibem os moradores de deixar a região. A ONU lembra a todos os lados em conflito em Raqqa de suas obrigações de proteger civis, como pede a lei internacional humanitária.

Notícias Relacionadas:

Feltman: "uso de armas químicas não deve ser tolerado"

Após ataques na Síria, secretário-geral pede cautela e defende solução política

Síria: pelo menos 27 crianças mortas no ataque em Idlib

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud