Feltman: “uso de armas químicas não deve ser tolerado”
BR

7 abril 2017

Subsecretário-geral da ONU para Assuntos Políticos fez a declaração em pronunciamento no Conselho de Segurança; ele afirmou que o órgão tem de enviar forte mensagem dizendo que a utilização desse armamento terá consequências.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

O subsecretário-geral da ONU para Assuntos Políticos, Jeffrey Feltman, afirmou que o Conselho de Segurança precisa enviar uma forte mensagem à comunidade internacional dizendo que o uso de armas químicas não será tolerado.

Em pronunciamento durante reunião de emergência no órgão esta sexta-feira, Feltman afirmou que a mensagem deve deixar claro que a utilização desse tipo de armamento terá consequências.

O representante da ONU fez referência ao ataque com armas químicas realizado esta semana perto de Idlib, que deixou pelo menos 86 mortos e mais de 300 feridos. O encontro no Conselho de Segurança ocorre poucas horas depois do ataque com foguetes dos Estados Unidos contra a base militar síria Al-Shayrat, no estado de Homs.

Responsabilidade

Ele citou o secretário-geral da ONU, António Guterres afirmando que a comunidade internacional tem a responsabilidade de levar à justiça os que realizam ataques com armas químicas.

Além disso, devem assegurar que esses armamentos não sejam usados jamais como instrumentos de guerra.

Feltman declarou que a proteção de civis e a prestação de contas devem estar no topo da agenda global de paz e segurança.

Impunidade

Para ele, no caso da Síria, não pode haver proteção se as partes em conflito, governo e oposição, recebem permissão para agir com total impunidade e se o governo sírio continuar comentendo violações dos direitos humanos contra seus prórpios cidadãos.

Feltman afirmou que os últimos acontecimentos na Síria mostram que “não há outra forma de resolver o conflito do que através de uma solução política”.

O subsecretário-geral da ONU pediu a todas as partes que renovem urgentemente o compromisso de avançar nas conversações de Genebra.

Notícias relacionadas:

Após ataques na Síria, secretário-geral pede cautela e defende solução política

ONU condena ataque em Estocolmo

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud