Côte d’Ivoire: setor privado inaugura plataforma humanitária

7 abril 2017

Iniciativa é a primeira do tipo em África Ocidental, segundo o Escritório da ONU para Coordenação de Assuntos Humanitários, Ocha; ação busca promover parcerias sustentáveis entre atores humanitários e empresas.

Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.*

A plataforma humanitária do setor privado da Côte d’Ivoire, país também conhecido como Costa do Marfim, foi inaugurada na quinta-feira pela ministra da Família, Proteção da Criança e Solidariedade, Mariatou Koné, e pelo coordenador humanitário da ONU na nação africana, Babacar Cissé.

Esta é a primeira plataforma do tipo da África Ocidental e reúne as empresas que manifestaram seu interesse em contribuir para ação humanitária, prevenção e gestão de riscos.

Iniciativa conjunta

A iniciativa é uma medida conjunta do ministério, da Confederação Geral das Empresas da  Costa do Marfim, do Escritório da ONU para Coordenação de Assuntos Humanitários, Ocha, do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, e da Cruz Vermelha do país, com apoio da Iniciativa Connecting Business.

Segundo o Ocha, a aproximação entre os atores humanitários e o setor privado foi reforçada durante as consultas regionais que antecederam a Conferéncia Humanitária Mundial em 2016.

Durante os próximos meses, os integrantes da plataforma vão desenvolver um plano de trabalho para promover parcerias sustentáveis entre atores humanitários e empresas.

Outro objetivo é a promoção de projetos relacionados à prevenção e preparação de catástrofes.

*Apresentação: Edgard Júnior.

Notícias Relacionadas:

Côte d’Ivoire pode ser "história de sucesso", diz chefe de Missão da ONU

Perito da ONU destaca desafios de reconciliação nacional na Cote d'Ivoire

Forças de paz estão na segunda cidade de Cote d'Ivoire após rebelião militar 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud