ONU pede mudança de atitude em relação às pessoas com autismo
BR

2 abril 2017

Secretário-geral António Guterres fez a declaração para marcar o Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo, este domingo, 2 de abril; o tema deste ano é “Em Direção à Autonomia e Auto-Determinação”.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, pediu a participação de todos na mudança de atitude em relação às pessoas com autismo.

Segundo Guterres, o mundo deve reconhecer o direito delas como cidadãos, para que possam tomar as decisões de acordo com sua própria vontade ou preferência.

Agenda 2030

O chefe da ONU pediu que “todos renovem a promessa de não deixar ninguém para trás e assegurar que todos possam contribuir como membros de sociedades ativas e prósperas como estipulado pela Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável”.

A Convenção das Nações Unidas sobre os Direitos das Pessoas com Deficiências deixa claro que a capacidade jurídica e a igualdade perante à lei são direitos inerentes que as pessoas com autismo desfrutam em igualdade de condições com outros membros da sociedade.

O secretário-geral afirmou que “com esse apoio, as pessoas com autismo vão se sentir empoderadas para enfrentar importantes desafios na vida de cada um, como decidir onde e com quem morar ou se quer casar e constituir uma família”.

Carreira

Outro ponto citado pelo chefe da ONU é que essas pessoas vão poder também escolher o tipo de carreira que querem seguir e como administrar suas próprias finanças.

Para Guterres, com oportunidades iguais para autonomia e auto-determinação, as pessoas com autismo se sentirão com mais poder para ter um impacto positivo mais forte no futuro.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud