ONU abrirá inquérito após assassinato de funcionários na RD Congo
BR

29 março 2017

Michael Sharp e Zaida Catalan  foram encontrados por forças de paz nos arredores da cidade de Kananga na área de Kasai; ambos faziam parte de um grupo que havia desaparecido a 12 de março.

Mônica Grayley, da ONU News em Nova Iorque.*

Uma nota emitida pelo porta-voz do secretário-geral da ONU informa que dois especialistas da organização foram mortos na República Democrática do Congo.

Os corpos de Michael Sharp, dos Estados Unidos, e de Zaida Catalan, da Suécia, foram encontrados na terça-feira por forças da Missão da ONU no país, Monusco, nos arredores da cidade de Kananga na província central de Kasai.

Expectativa

Os especialistas haviam desaparecido com um grupo de pessoas em 12 de março.

O secretário-geral, António Guterres, disse que a esperança é que a causa da morte seja identificada num exame mais completo e que as autoridades congolesas conduzam uma plena investigação sobre este incidente.

A nota sublinha que as Nações Unidas também levarão a cabo um inquérito e que em caso de atos criminais farão todo o possível para garantir que a justiça será feita.

O secretário-geral expressou profundas condolências às famílias de Michael e de Zaida, aos parentes e colegas.

Paz 

A nota destaca que os funcionários perderam a vida enquanto tentavam entender as causas do conflito e da insegurança na RD Congo “para ajudar a levar a paz ao país e ao povo”.

Guterres destaca que a memória dos falecidos será honrada continuando a apoiar o seu trabalho valioso e da família da ONU em território congolês.

O secretário-geral insta às autoridades locais que continuem as buscas pelos outros quatro cidadãos congoleses que estavam com os especialistas e prometeu a cooperação da organização durante o processo.

*Apresentação: Eleutério Guevane.

Notícias relacionadas:

ONU abrirá inquérito após assassinatos de funcionários na RD Congo

ONU diz que não pode confirmar morte de dois funcionários na RD Congo

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud