Somália: ONU apoia campanha de vacinação para 450 mil pessoas

17 março 2017

Iniciativa tem o apoio da Organização Mundial da Saúde, OMS; país passa por grande surto de cólera com cerca de 11 mil casos e 268 mortes registadas em 11 regiões desde o início de 2017; número representa mais da metade de todos os casos registados em 2016.

Laura Gelbert Delgado, da ONU News em Nova Iorque.

O governo da Somália lançou uma campanha de vacinação oral contra o cólera nesta quinta-feira, com apoio da Organização Mundial da Saúde, OMS. A iniciativa esta voltada para 450 mil pessoas em sete áreas de risco ao redor do país.

O representante da OMS na Somália, Ghulam Popal, afirmou que esta é uma das maiores campanhas de vacinação do tipo já conduzidas na África e contribuirá para a “redução no número de novos casos da doença, interromperá a transmissão e limitará a propagação do cólera”.

Surto

A Somália está passando neste momento por um grande surto de cólera com cerca de 11 mil casos e 268 mortes registadas em 11 regiões desde o início de 2017. Isto representa mais da metade de todos os casos registados em 2016.

A campanha está sendo realizada em comunidades em Mogadíscio, Kismaio e Beledweyne. As vacinas serão administradas a pessoas em situação de risco com idades acima de um ano e serão distribuídas em duas voltas: a primeira vai até 19 de março; a segunda entre 18 e 22 abril.

Ações de resposta à doença estão sendo realizadas pelo Ministério da Saúde, da OMS, do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, e parceiros.

Na semana passada, o secretário-geral da ONU, António Guterres, realizou uma visita de emergência à Somália para prestar um apoio massivo ao país africano, onde metade da população, cerca de 6,2 milhões de pessoas, precisam de assistência para sobreviver. Na ocasião, o chefe das Nações Unidas ressaltou a crise de fome e cólera que atingem a Somália.

Notícias Relacionadas:

Representante da ONU condena bombardeamentos na Somália

Guterres na Somália: Da fome que fez deslocados aos perigos do cólera

Uma entre sete crianças da Somália morre antes do quinto aniversário 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud