Secretário-geral condena ataques a bomba em Damasco
BR

13 março 2017

O líder das Nações Unidas, António Guterres, emitiu nota através de seu porta-voz afirmando estar horrorizado com o que chamou de "absoluto desrespeito pela vida humana por parte dos autores" dos atentados.

Segundo agências de notícias, pelo menos 40 pessoas morreram e 120 ficaram feridas em duas explosões simultâneas perto de um cemitério que abriga um mausoléu, na capital da Síria. Muitas vítimas perderam a vida quando chegavam ao local em ônibus.

O líder da ONU expressou profundas condolências às famílias das vítimas fatais e aos sobreviventes.

A maioria era composta de peregrinos.

Guterres afirmou que os responsáveis pelas explosões em Damasco e qualquer um que realize ataques a civis têm de responder na justiça pelos seus atos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud