Projeto da Unesco vai restaurar filmes produzidos em África

1 março 2017

Iniciativa é parceria com a Fundação Filme, presidida por Martin Scorsese; serão identificados 50 filmes com importância histórica, artística e cultural e todos passarão pelo processo de restauro.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.

A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, lança um projeto de longo prazo para localizar, restaurar e preservar filmes produzidos no continente africano.

A iniciativa é uma parceria com a Fundação Filme, presidida pelo conceituado diretor e produtor norte-americano Martin Scorsese, que já venceu o Oscar diversas vezes. A Federação Pan-Africana de Realizadores também é parceira da iniciativa.

Criatividade

O Projeto Património do Filme Africano vai identificar 50 filmes com valor histórico, artístico e cultural e que depois passarão pelo processo de restauração. A Unesco já planeia inscrever os filmes no Registo Memória do Mundo.

A diretora-geral da agência da ONU, Irina Bokova, declarou que esta é uma “oportunidade única para se destacar o valor do património artístico e da criatividade africana”.

Urgência

Segundo Bokova, o projeto visa promover a diversidade cultural por meio da expressão dos realizadores africanos e facilitar o acesso aos filmes clássicos do continente.

Por sua vez, Martin Scorsese lembrou que “existem muitos filmes que necessitam de restauro no mundo”. O diretor explica que nos últimos 10 anos, o Projeto Cinema Mundial ajudou a recuperar filmes do Brasil, Cuba, Egito e Índia.

Para Scorsese, a “necessidade de preservar os filmes africanos é urgente”, pois assim, as futuras gerações poderão apreciar esses trabalhos. O realizador considera ser uma iniciativa muito especial.

Mais detalhes do projeto serão apresentados numa conversa com jornalistas na quinta-feira, durante o Festival Pan-Africano de Filmes, que acontece na capital de Burquina Fasso, Ouagadougou.

Notícias Relacionadas:

Unesco pede apoio internacional para proteção de patrimônio cultural no Iraque

Especial: língua materna como expressão de identidade em Moçambique

Multilinguismo na educação é tema do Dia Internacional da Língua Materna

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud