PMA lança alimentos para 100 mil sul-sudaneses durante esta semana

27 fevereiro 2017

Primeira entrega decorreu na segunda-feira em Thonyor, no estado de Unidade; equipas de emergência transportam artigos médicos e nutricionais; apoio inclui vacinação contra cólera.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

O Programa Mundial de Alimentação, PMA, realizou esta segunda-feira a primeira entrega de alimentos para 36 mil de pessoas escondidas em pântanos e ilhas da área sul-sudanesa de Thonyor.

As populações concentradas no condado de Leer, na província de Unidade, buscam auxílio que inclui alimentos, cuidados médicos e tratamento nutricional.

Médicos

A diretoria do PMA para o Sudão do Sul disse que durante a semana vários alimentos serão lançados por helicóptero pelo Mecanismo de Resposta Rápida da agência, que também transportou médicos e artigos nutricionais para a área.

Joyce Luma disse que é através desse mecanismo que será respondido o problema da comida e falta e da assistência nutricional para cerca de 100 mil pessoas que vivem em condições de fome. A ação envolve diversas equipas de emergência do PMA e dos parceiros.

Os profissionais de saúde vacinaram as pessoas contra a cólera e depois seguiram para detetar desnutrição em outros locais em parceria com o Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef.

Suprimentos

Para as entregas programadas para esta semana são preparadas áreas para os lançamentos aéreos tanto de alimentos como de suprimentos nutricionais.

O auxílio é dado dias depois da declaração oficial de fome em áreas do estado de Unidade, que foi feita pelo Governo do Sudão do Sul.

O país faz parte das quatro nações que no total têm mais de 20 milhões de pessoas a enfrentar altos níveis de insegurança alimentar. Os outros são a vizinha Somália, a Nigéria e o Iémen.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud