Angola busca experiência de Cabo Verde para empoderar mulheres

27 fevereiro 2017

Parceria entre os dois países visa desenvolver sistema de indicadores de género; já com outros países de língua portuguesa em África, Angola e ONU trabalham em ações contra a corrupção.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.*

As Nações Unidas em Angola estão a trabalhar com vários países de língua portuguesa em ações sobre segurança alimentar, mudança climática, combate à corrupção e direitos das mulheres.

O assunto foi destacado pelo representante do Sistema da ONU em Angola durante uma entrevista à ONU News.

Indicadores

Da capital Luanda, Paolo Balladelli explicou que em parceria com o Ministério da Família e Promoção da Mulher, as Nações Unidas se inspiram numa ação cabo-verdiana em prol da igualdade de género.

“Nós pretendemos trabalhar com Cabo Verde na base da experiência e boas práticas que foram desenvolvidas neste país. Por exemplo, desenvolveríamos um sistema nacional de indicadores de género. E no ano passado, lançaram um observatório de género que permite sistematizar os dados e a planificação do orçamento, em tema de género como foco.”

Transparência

Paolo Balladelli destacou ainda que uma prioridade da ONU em Angola é a luta contra a corrupção e a favor da transparência. A iniciativa tem em vista reforçar as competências técnicas das instituições de controlo associadas ao Parlamento.

A ideia é reforçar a transparência das contas públicas. Além de Angola, as Nações Unidas trabalham com o projeto em todos os países africanos de língua portuguesa e Timor-Leste, na Ásia.

*Apresentação: Michelle Alves de Lima.

Notícias Relacionadas:

Guterres reafirma compromisso da ONU com processo de descolonização

Melhorar a resiliência é prioridade da ONU em Angola

África Austral adota plano para combater lagarta de "grande poder destrutivo"

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud