Perspectiva Global Reportagens Humanas

Lusófonos africanos e Timor-Leste analisam finanças públicas em Bissau

Foto: Banco Mundial/Jonathan Ernst

Lusófonos africanos e Timor-Leste analisam finanças públicas em Bissau

Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento implementa iniciativa com fundos europeus; Cabo Verde e Guiné-Bissau participam na troca de conhecimento, melhores práticas e experiências no setor financeiro.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.*

Bissau acolhe dezenas de representantes internacionais e instituições de controlo, Parlamentos, governos e sociedade civil na Grande Conferência sobre o Controlo Externo das Finanças Públicas nos Palop e em Timor-Leste.

Durante toda esta semana, o evento será marcado por debates sobre atores, papéis, avanços, desafios e o seu impacto na qualidade da governação com a presença da chefe do sistema da ONU em Cabo Verde, Ulrika Richardson.

Intercâmbio

A iniciativa é implementada pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, com o financiamento da União Europeia.

A iniciativa Pro Palop-TL ISC facilita a atuação dos países na área como parte da Cooperação Sul-Sul e para impulsionar a troca de conhecimento, melhores práticas e experiências.

Nas ações para ajudar a gerir as finanças públicas, o destaque é a criação de plataformas de aprendizagem eletrónica em português para que os países tenham acesso à informação especializada e que sejam simplificados os dados fiscais.

*Apresentação: Denise Costa.

Notícias relacionadas:

Guiné-Bissau debate reconciliação com contributo internacional

Cabo Verde e Moçambique na mira do PMA em São Tomé e Príncipe