Missão da ONU na Somália engajada com o fim do uso de crianças-soldado

8 fevereiro 2017

Com o Exército Nacional, Amisom cria medidas para prevenir o recrutamento de menores no conflito armado; mandato de representante da ONU para proteção de crianças em guerra completa 20 anos.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.

A Missão da União Africana na Somália, Amisom, e o Exército Nacional Somali estão a pôr em prática medidas para prevenir o recrutamento e o uso de crianças-soldado no conflito armado.

Segundo a Amisom, os casos de recrutamento de menores estão a aumentar e já são um desafio para a segurança no país no Corno de África. Decorre uma formação de 10 dias com integrantes do Governo Federal e oficiais da Missão da ONU, para que tenham todas as habilidades para resgatar crianças-soldado no país.

Crime

A capacitação acontece na mesma altura em que as Nações Unidas comemoram os 20 anos da criação do mandato de representante especial do secretário-geral para Crianças e Conflito Armado. Atualmente, a especialista Leila Zerrogui ocupa o cargo.

Vários acordos internacionais criminalizam o recrutamento e o uso de crianças no conflito armado em todo o mundo. De acordo com um relatório do Conselho de Segurança sobre crianças e o conflito na Somália, publicado em janeiro, um total de 5.933 meninos e 230 raparigas foram recrutados nos últimos seis anos no país.

Terrorismo

As estatísticas mostram uma certa melhora entre 2012 e 2014, mas houve um grande aumento em 2016, quando quase 1,1 mil crianças foram utilizadas como crianças-soldado.

Cerca de 70% dos menores foram recrutados pela milícia terrorista Al-Shabaab. Algumas crianças tem menos de nove anos de idade e são obrigadas a usar armamentos pesados e explosivos.

Notícias Relacionadas:

ONU marca 20 anos de mandato que promove proteção de crianças em guerras

Nações Unidas prestam todo o apoio para presidenciais na Somália

Refugiados somalis morrem numa perseguição a contrabandistas no Iémen

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud