Grupos rivais centro-africanos matam número indeterminado de civis

3 fevereiro 2017

Violência envolveu milícias anti-Balaka e elementos que não participam no processo de diálogo em Bocaranga; ONU reforça presença em acampamento de deslocados, patrulhas e hospitais e ONGs.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

A Missão das Nações Unidas na República Centro-Africana, Minusca, anunciou que uma onda de violência provocou um número indeterminado de mortos na região nordestina de Bocaranga na República Centro-Africana.

Falando à ONU News, de Bangui, o porta-voz da operação de paz, Vladimir Monteiro, disse que os confrontos envolveram as milícias anti-Balaka e o grupo 3R, que não participa no processo de diálogo.

Parceiros

“Depois dessa situação, reforçamos a segurança do campo dos deslocados, das instalações das ONGS e à tarde enviamos um helicóptero que está a sobrevoar a localidade. Continuamos a trabalhar com os parceiros para ter uma ideia do balanço desses incidentes entre os dois grupos rivais.”

No mesmo dia cerca de 9 mil pessoas foram deslocadas e de várias ONGs forçadas a sair da sua área de atuação após a pilhagem das suas instalações.

As forças de paz abriram fogo contra os elementos dos dois lados. Depois de terem restaurado a calma foram reforçadas as patrulhas e a proteção de instalações hospitalares e das ONGs.

Responsabilidades

A Minusca adverte aos grupos que é contrária a todas as formas de violência contra civis e agências humanitárias e “recorda que estes têm responsabilidades sob o direito internacional humanitário e dos direitos humanos”.

A operação de paz anunciou que continua a atuar com parceiros para a busca de uma solução pacífica mas “vai tomar todas as medidas para proteger a população civil contra ameaças e violência do 3R e dos anti-Balaka”.

Os milhares de deslocados esconderam-se na floresta situada a cerca 20 km da cidade, após o ato onde também foram saqueados lojas, uma igreja e o mercado local.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud