Secretário-geral diz esperar que medidas dos EUA sejam temporárias
BR

30 janeiro 2017

António Guterres respondeu à pergunta de um jornalista sobre uma ordem executiva do presidente norte-americano, Donald Trump, durante entrevista em Adis Abeba, na Etiópia, onde participa da Cimeira da União Africana; em Nova Iorque, o porta-voz de Guterres, Stephane Dujarric (foto), também comentou o assunto.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

O secretário-geral da ONU, António Guterres, afirmou esta segunda-feira, esperar que as medidas com impacto sobre entrada de estrangeiros nos Estados Unidos, anunciadas na sexta-feira, sejam de caráter temporário.

Guterres fez a declaração ao ser perguntado, durante uma viagem a Adis Abeba, sobre o que achava de uma ordem executiva, firmada pelo presidente norte-americano Donald Trump, sobre o tema.  O líder da ONU está na Etiópia participando da Cimeira da União Africana.

Tradição

O secretário-geral lembrou que os Estados Unidos têm uma longa tradição na proteção de refugiados.

António Guterres espera também que a proteção de refugiados volte novamente ao topo da agenda dos Estados Unidos.

Em Nova Iorque, o porta-voz do secretário-geral da ONU, Stephane Dujarric, afirmou que os Estados Unidos são parceiros fundamentais da Agência das Nações Unidas para Refugiados, Acnur e da Organização Internacional para Migrações, OIM, no reassentamento de refugiados e migrantes.

Ele disse que Guterres espera realizar contatos construtivos com o governo americano sobre este e outros assuntos.

Análise

Dujarric explicou que as agências da ONU fazem uma análise inicial de todos os refugiados e migrantes candidatos à transferência para outras nações.

Depois disso, todos os países que receberão essas pessoas realizam suas próprias investigações.

A autorização final para receber os refugiados cabe ao país, a ONU não pode forçar ninguém a aceitar os pedidos de asilo. E lembrou que esse processo pode durar vários anos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud