Mil refugiados na Grécia são transferidos de galpões para apartamentos
BR

25 janeiro 2017

Acnur informou que grupo vivia em tendas provisórias na cidade de Vasilika, norte do país; agência da ONU está ajudando o governo grego na operação de transferência.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.

A agência da ONU para Refugiados, Acnur, anunciou a transferência de cerca de mil refugiados de galpões para apartamentos e hotéis na Grécia.

Desde junho do ano passado, o grupo está vivendo em vários depósitos abandonados na cidade de Vasilika. O local passou a ser usado pelas autoridades como alojamento para refugiados e pessoas em busca de asilo. Entre os refugiados estão cidadãos africanos, iranianos e sírios.

Operação

Uma dessas pessoas, a síria Rula Manan, disse que elas estão assustadas desde que chegaram à Grécia. Ela espera que “todos possam ter condições de reconstruir suas vidas em algum lugar, numa casa ou apartamento”.

O objetivo do Acnur é concluir a operação de transferência em poucas semanas.

As pessoas que estão nesses galpões são candidatas à reunificação familiar e vão permanecer nos hotéis e apartamentos até que os casos de pedidos de asilo tenham sido analisados pelo governo grego.

Vários refugiados que fazem parte do grupo estão aguardando transferência para outros países europeus.

O número de refugiados e asilados é atualmente o maior desde a Segunda Guerra Mundial. São mais de 60 milhões de pessoas.

Segundo as Nações Unidas, somente o conflito sírio, que começou em 2011, já forçou mais de 11 milhões a deixarem suas casas. Deste total, quase cinco milhões estão vivendo nos países vizinhos.

Notícias relacionadas:

Novo plano para refugiados sírios tem o valor de US$ 4,6 bilhões

Dez coisas que você precisa saber sobre a crise na Síria

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud