Jovens produtores de leite em Santa Catarina têm apoio do Banco Mundial
BR

25 janeiro 2017

Para atrair a nova geração, programa do governo do estado oferece capacitações e acesso a tecnologia, além de estimular debate sobre sucessão familiar.

Mariana Ceratti, de Brasília para a ONU News.*

Em São Martinho, Santa Catarina, o Banco Mundial e o governo do estado apoiam 25 jovens que buscam aumentar a rentabilidade da produção de leite. Para isso, eles fizeram um curso de qualificação voltado à juventude rural e tiveram acesso a novos equipamentos.

Os benefícios fazem parte do programa SC Rural, que atende a 40 mil pequenos agricultores e segue até junho de 2017. A produção de leite é um dos focos da iniciativa porque 50% das fazendas do estado se dedicam a essa atividade. Só em São Martinho, a pecuária leiteira está presente em 75% das propriedades rurais.

Meta

Os jovens que trabalham com o SC Rural produzem entre 120 e 550 litros de leite por dia. Um deles é Leandro Berkenbrock, 25 anos. Desde que começou a receber assistência técnica, conseguiu multiplicar por seis a produção diária, que hoje está em cerca de 240 litros. A meta é ultrapassar os 300 litros por dia em 2018.

“O SC Rural me facilitou um implante de irrigação, podendo ter uma pastagem melhor o ano inteiro.  Com todo o aprendizado que a gente teve, com cursos e tudo, vou ter um leite de qualidade.”

O grupo de Leandro não foi o único a se capacitar. O programa realiza cursos de oito meses que estimulam os jovens a fazer planos de negócios e a discutir a sucessão familiar.

Campo

O secretário executivo Julio Bodanese explica como o SC Rural ajuda a criar oportunidades para a nova geração de empreendedores do campo.

“Nós apoiamos os melhores projetos de cada turma. A atual turma tem de 35 a 40 alunos.  Nós apoiamos 20 projetos dessa turma que tenham viabilidade econômica, que a defesa desse projeto seja consistente. E isso tem gerado projetos magníficos, desafios fabulosos... e estamos avançando.”

Além de continuar e melhorar a produção dos pais, os jovens de Santa Catarina serão importantes para vencer o novo desafio do programa: levar cada vez mais e melhor tecnologia para a agricultura familiar.

*Reportagem do Banco Mundial Brasil.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud