Chefe do PMA chega à Nigéria para checar áreas afetadas pelo Boko Haram

25 janeiro 2017

Diretora-executiva do Programa Mundial de Alimentação terá conversas com integrantes do governo e visitará nordeste do país; agência da ONU está a ajudar mais de 1 milhão de pessoas que estão a sofrer com a violência.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.

A diretora-executiva do Programa Mundial de Alimentação, PMA, está na Nigéria para conversas com representantes do governo.

Ertharin Cousin aproveita também para visitar o nordeste do país, onde a agência ajuda mais de 1 milhão de pessoas que vivem em áreas afetadas pela violência das milícias terroristas Boko Haram.

Beneficiados

Após encontrar com oficiais do governo em Abuja, Cousin segue para a cidade de Maiduguri, onde fará uma revisão das operações do PMA. A diretora da agência também terá encontros com as famílias que recebem assistência e com funcionários que estão a liderar a resposta à crise.

A violência causada pelo Boko Haram na Nigéria já deixou quase 2 milhões de pessoas a necessitar de ajuda emergencial. Em dezembro, o PMA conseguiu entregar assistência em dinheiro ou comida para mais de 1 milhão de pessoas no país.

O objetivo é ampliar a ajuda nos próximos meses. Na sexta-feira, Ertharin Cousin fará um balanço da visita à Nigéria durante conversa com jornalistas.

Notícias Relacionadas:

Sobe para 100 número de vítimas de ataque por engano na Nigéria

Conferência vai buscar ajuda para vítimas de terroristas do Boko Haram

Mais de 4 milhões de pessoas passam fome em áreas afetadas pelo Boko Haram

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud