Em telefonema, Guterres expressa total apoio a novo presidente da Gâmbia
BR

20 janeiro 2017

Chefe da ONU expressa total apoio ao presidente recém-empossado e elogia determinação de Adama Barrow e “histórica decisão da Comunidade Econômica dos Estados da África Ocidental, Cedeao, para honrar e respeitar a vontade do povo gambiano.”

Monica Grayley, da ONU News em Nova Iorque.*

O secretário-geral da ONU, António Guterres, telefonou para o presidente da Gâmbia, Adama Barrow, na quinta-feira, para parabenizá-lo pela tomada de posse e discutir os últimos acontecimentos no país africano.

O líder das Nações Unidas expressou profunda preocupação com a recusa de Yahya Jammeh de deixar a Presidencia gambiana. Guterres também mencionou o alto número de gambianos que estão saindo de seu país a caminho do Senegal.

Determinação

O secretário-geral expressou seu completo apoio ao presidente Barrow pela sua determinação, e a histórica decisão da Comunidade Econômica dos Estados da África Ocidental (Cedeao), que obteve o apoio unânime do Conselho de Segurança, para restaurar o Estado de direito na Gâmbia assim como honrar e respeitar a vontade do povo gambiano.

António Guterres manifestou a disponibilidade do Sistema das Nações Unidas para apoiar o presidente Barrow e seu governo nos esforços de promover democracia e alcançar o desenvolvimento sustentável no país.

O chefe do Escritório da ONU na África Ocidental e no Sahel, Mohammed Ibn Chambas, está na Gâmbia, ao lado de outros líderes regionais, buscando uma solução para a questão da transição.

Enquanto isto, a Agência da ONU para Refugiados, Acnur, informa que cerca de 45 mil pessoas chegaram ao Senegal, de acordo com o governo senegalês. Outras 800 pessoas cruzaram a fronteira com a Guiné-Bissau. O Acnur estima que mais pessoas continuem a fugir por causa da situação de tensão.

*Apresentação: Eleutério Guevane.

Leia mais:

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud