Conflito do Iémen já deslocou 2,1 milhões de pessoas

18 janeiro 2017

Cerca de 12 mil migrantes continuam a chegar ao país por mês; condições agravam-se para milhares de africanos em trânsito no país árabe; OIM quer apoio para dar assistência aos necessitados.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Mais de 2,1 milhões de pessoas foram deslocadas pela crise humanitária na sequência dos 22 meses de conflito no Iémen, segundo a Organização Internacional para Migrações, OIM.

Um grupo da agência que visitou o país declarou que a já difícil situação de milhares de migrantes do Corno de África está a complicar-se. Os viajantes tentam atravessar o território iemenita a caminho da Arábia Saudita.

Proteção

Estima-se que 12 mil migrantes cheguem mensalmente ao país. A situação preocupa à OIM que disse precisar de apoio para oferecer alimentos, abrigo, proteção e retirar os mais vulneráveis de várias áreas.

No Iémen, os representantes da agência estiveram em assentamentos e em dezenas de espaços amigos da criança, que apoiam menores traumatizados.

A agência gere clínicas de saúde que prestam cuidados primários aos iemenitas e aos migrantes deslocados, que incluem  o apoio psicossocial aos que sofrem de traumas de guerra.

Unidades móveis da agência foram instaladas em 18 das 22 províncias iemenitas para atender os migrantes do Corno de África.

Assistência

A diretora regional da OIM para o Médio Oriente e Norte de África considerou ter sido de extrema importância compreender a situação no Iémen para ajudar a defender uma maior assistência aos sofrem no Iémen.

Carmela Godeau também considerou a presença oportuna por ocorrer antes do lançamento oficial do Plano de Resposta Humanitária da ONU, previsto para 8 de fevereiro em Genebra.

Notícias relacionadas:

Unesco revela que mais de 100 jornalistas foram assassinados em 2016

Enviado da ONU aborda fim do conflito no Iémen em visita aos Estados árabes

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud