ONU lança manual para combater extremismo violento nas prisões
BR

16 janeiro 2017

Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime diz que documento é um guia para lidar com radicalização e violência; especialistas ensinam como prevenir o avanço do extremismo e implementar intervenções de reintegração dos presos.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova Iorque.*

O Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime, Unodc, lançou esta segunda-feira um manual para combater o extremismo violento nas prisões em todo o mundo.

O documento é o primeiro guia técnico preparado principalmente para legisladores e funcionários do setor judiciário mundiais, com o objetivo de lidar com a radicalização dos prisioneiros à violência.

Recomendações

O manual traz recomendações sobre como controlar prisioneiros extremistas violentos e também sobre como prevenir o avanço dessa violência em presídios e cadeias.

O guia sugere intervenções para tentar desvincular os detidos da violência e facilitar a reintegração deles na sociedade quando forem soltos.

A ONU alerta que superpopulação dos presídios, más condições das infraestruturas e dos prédios, capacidade insuficiente de segurança, assim como a corrupção, são fatores que “envenenam” qualquer tentativa eficaz de prevenir ou conter o extremismo violento.

Treinamento

De uma forma geral, o manual quer fortalecer os pontos mais importantes do gerenciamento e controle das prisões, incluindo treinamento dos funcionários e carcereiros, riscos e esforços de reabilitação.

Entre as recomendações estão treinamentos também para os próprios prisioneiros, para que possam aprender uma profissão, como carpinteiro, mecânico de automóveis ou metalúrgico.

O contato com a família ajuda no processo de resociabilização. O Unodc afirma ainda que as intervenções e programas com bases regiliosas têm um longo histórico de benefícios na reabilitação dos presos, mas deve-se levar em conta a diversidade. Todas as religiões devem estar representadas nos projetos.

A agência da ONU deixou claro que esse é um assunto complexo e se mostrou contra “soluções rápidas” em relação ao controle de prisioneiros extremistas violentos.

*Apresentação: Monica Grayley.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud