Unrwa lança apelos de emergência para assistência a refugiados palestinos
BR

9 janeiro 2017

Dois pedidos da agência da ONU tem valor de US$ 813 milhões, para ações nos território ocupados palestinos e para pessoas afetadas pela crise na Síria; chefe da Unrwa pede apoio “urgente” da comunidade internacional.

Dois pedidos da agência da ONU tem valor de US$ 813 milhões, para ações nos território ocupados palestinos e para pessoas afetadas pela crise na Síria; chefe da Unrwa pede apoio “urgente” da comunidade internacional.

Laura Gelbert, da ONU News em Nova Iorque.

A Agência da ONU de Assistência a Refugiados Palestinos, Unrwa, lançou nesta segunda-feira dois apelos internacionais, com valor total de US$ 813 milhões.

Segundo a agência, os recursos irão “financiar a resposta de emergência à crise nos territórios ocupados palestinos, incluindo Jerusalém Oriental”. A verba é necessária também para atender as necessidades de refugiados palestinos afetados pelo conflito na Síria, incluindo os que estão deslocados no Líbano e na Jordânia.

Generoso e urgente

O chefe da Unrwa, Pierre Krahenbuhl, afirmou que crescem as necessidades de 1,6 milhão de refugiados palestinos, que “estão mais inseguros do que nunca”, e por isso é preciso ação firme.

Krahenbuhl pediu o apoio “urgente e generoso” da comunidade internacional. O apelo de emergência da agência para os territórios ocupados palestinos, de US$ 402 milhões, busca tratar as principais necessidades humanitárias dos refugiados palestinos em Gaza e na Cisjordânia, incluindo Jerusalém Oriental.

Gaza e Cisjordânia

Em Gaza, 911 mil refugiados continuam sendo beneficiados com a ajuda alimentar de emergência fornecida pela Unrwa. A agência também oferece assistência de aluguel a mais de 6,5 mil famílias que perderam suas casas durante os combates em 2014 e apoia reformas para mais de 50 mil famílias cujas casas foram danificadas ou destruídas.

Na Cisjordânia e em Jerusalém Oriental, o programa “dinheiro por trabalho” da Unrwa vai beneficiar cerca de 8 mil refugiados palestinos em situação de insegurança alimentar.

Outros 15 mil receberão cupons alimentares e o programa de distribuição de comida atenderá 36 mil beduínos e pastores na chamada Área C.

Síria

Já o apelo de emergência da agência para a crise na Síria, com valor de US$ 411 milhões, busca fornecer assistência humanitária, proteção e serviços básicos para 430 mil refugiados palestinos dentro da Síria, assim como mais de 30 mil que estão no Líbano e 17 mil que fugiram para a Jordânia.

A Unrwa é o maior fornecedor direto de assistência a refugiados palestinos afetados pelo conflito na Síria. Ações incluem assistência em dinheiro, água e saneamento, comida, abrigo, saúde, educação, meios de subsistência e proteção.

Notícias Relacionadas:

Representante da ONU condena ataque que matou soldados israelenses

Número de demolições em territórios palestinos foi recorde em 2016

Assistência financeira da Unrwa ajuda a estabilizar vida de palestinos 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud