Representante da ONU condena ataque que matou soldados israelenses BR

Nickolay Mladenov. Foto: ONU/Devra Berkowitz (arquivo)

Representante da ONU condena ataque que matou soldados israelenses

Atentado com caminhão ocorreu neste domingo em Jerusalém; coordenador especial para processo de paz no Oriente Médio afirmou ser “repreensível” que “alguns escolham glorificar tais atos que prejudicam a possibilidade de um futuro pacífico para palestinos e israelenses”.

Laura Gelbert, da ONU News em Nova Iorque.

O coordenador especial das Nações Unidas para o processo de paz no Oriente Médio, Nickolay Mladenov, condenou o ataque com um caminhão que, segundo relatos, matou quatro soldados israelenses neste domingo em Jerusalém.

A atentado foi cometido por um palestino. Segundo agências de notícias, outras 17 pessoas ficaram feridas.

Nada heroico

Em nota, Mladenov afirmou ser “repreensível” que “alguns escolham glorificar tais atos que prejudicam a possibilidade de um futuro pacífico para palestinos e israelenses”.

O coordenador especial da ONU defendeu ainda que “não há nada heroico em tais ações”.

Mladenov apelou a todos que “condenem violência e incitamento, mantenham a calma e façam tudo o que puderem para evitar nova escalada”.

Notícias Relacionadas:

Número de demolições em territórios palestinos foi recorde em 2016 

Assistência financeira da Unrwa ajuda a estabilizar vida de palestinos