Ataque mata terceiro boina azul numa semana na República Centro-Africana

6 janeiro 2017

Vítima é do contingente do Bangladesh; missão de paz deplora agressões e provocações contra as suas forças; grupo tinha cerca de 50 agressores; emboscada matou dois soldados de paz do Marrocos na terça-feira.

Eleutério Guevane, da ONU News em Nova Iorque.

Um soldado de paz foi morto durante um ataque a uma patrulha em Bokayai, no sudeste da República Centro-Africana. O grupo retornava da cidade de Koui, no norte.

Falando a jornalistas em Nova Iorque, o porta-voz da ONU disse esta sexta-feira que a operação de paz no país já condenou o ato bem como as “agressões e as provocações” contra as suas forças.

Carta

 Stephane Dujarric informou que organização endereçou condolências ao povo e ao governo do Bangladesh, tendo destacado que o secretário-geral escreverá uma carta ao governo do país da vítima para expressar a sua solidariedade.

De acordo com a Missão das Nações Unidas na República Centro-Africana, Minusca, o grupo agressor tinha cerca de 50 homens.

O ataque ocorreu dois dias depois de uma emboscada que provocou a morte de dois soldados de paz do Marrocos no sudeste do país. A incursão de homens não identificados provocou dois feridos graves.

O incidente levou a Minusca a reforçar as suas patrulhas na área.

Notícias relacionadas:

Entrevista: soldados de paz mortos na República Centro-Africana

Morte de soldados de paz faz reforçar patrulhas na República Centro-Africana

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud