António Guterres inicia 2017 fazendo um apelo para paz
BR

1 janeiro 2017

Em sua primeira mensagem pública como secretário-geral das Nações Unidas, ele destaca o sofrimento de civis vítimas de guerras; Guterres pede a todos para que compartilhem uma resolução de Ano Novo: fazer da paz a prioridade.

Leda Letra, da ONU News em Nova Iorque.

Em seu primeiro dia como secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres está fazendo um pedido a todas as pessoas do mundo, para que promovam a paz.

Ao divulgar a mensagem de Ano Novo neste domingo, Guterres destaca a importância de se ajudar “milhões de vítimas de conflitos, que sofrem com guerras que parecem não ter fim”.

Resolução

Ele lembra que nessas guerras não existem vencedores; todos perdem. O novo secretário-geral explica que são gastos “trilhões de dólares na destruição de sociedades e economias, alimentando ciclos de medo e de desconfiança”.

Por isso, António Guterres faz um apelo:

“Neste primeiro dia do ano, peço a todos que partilhem comigo um propósito de Ano Novo: façamos da Paz a nossa prioridade. Façamos de 2017 um ano em que todos -cidadãos, governos, dirigentes – procurem superar as suas diferenças.”

Solidariedade

“Seja através da solidariedade e da compaixão nas nossas vidas cotidianas, seja através do diálogo e do respeito independentemente das divergências políticas. Seja por via de um cessar-fogo num campo de batalha ou mediante entendimentos conseguidos à mesa de negociações para obter soluções políticas.”

Para Guterres, a busca pelo “bem supremo da paz” deve ser o objetivo comum, já que dignidade, esperança, progressos e prosperidade dependem da paz. O secretário-geral da ONU espera que todos partilhem esse compromisso diariamente, para que 2017 seja um “ano de paz”.

Leia todas as notícias sobre o secretário-geral António Guterres.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud