Assistência financeira da Unrwa ajuda a estabilizar vida de palestinos
BR

27 dezembro 2016

Mais de 3,5 mil famílias refugiadas da Síria dependem da ajuda da agência da ONU; com cartão de débito, civis conseguem sacar dinheiro com facilidade.

Leda Letra, da ONU News em Nova York.

Mais de 3,5 mil famílias de refugiados palestinos da Síria, que agora vivem na Jordânia, estão sendo beneficiadas com um programa de ajuda financeira.

A iniciativa é da Agência da ONU para Assistência a Refugiados Palestinos, Unrwa, que fornece aos refugiados um cartão eletrônico para que eles possam fazer saques em dinheiro e comprar os itens que mais precisam.

Saques

Assim que a verba está disponível, a Unrwa envia uma mensagem de texto para o celular dos refugiados cadastrados no programa. Assim, eles sabem que podem fazer o saque em um caixa eletrônico.

São repassados US$ 600 por família a cada três meses, o que representa um benefício mensal médio de US$ 42 para cada pessoa de uma família.

Alimentação

Segundo a Unrwa, o cartão de débito é uma maneira mais digna de oferecer assistência aos refugiados. Um dos beneficiados, Mohammad Alwesh, contou à agência que usa o dinheiro para pagar o aluguel e comprar comida, como frango e batatas.

O sírio, que fugiu para a Jordânia devido à guerra, está desempregado e às vezes consegue arrumar trabalhos temporários de garçom ou ajudante de limpeza.

Segundo ele, sua família estava há muito tempo sem comer antes de receber o benefício da Unrwa. Ele abandonou sua casa em Yarmouk e mudou-se com a família para Amã, mas garante que retorna à Síria assim que a violência acabar.

Notícias Relacionadas:

PIB da economia palestina poderia ser o dobro sem ocupação de Israel

Agência da ONU começa construção de sua maior base logística em Gaza

Time de futebol de agência da ONU em Gaza ganha campeonato na Noruega 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud