União Europeia doa mais US$ 7,3 milhões para ajudar crianças no Iraque
BR

27 dezembro 2016

Total doado pela Comissão Europeia em 2016 sobe para quase US$ 21 milhões; dinheiro será usado para apoiar trabalho do Unicef principalmente às famílias que continuam fugindo da violência em Mossul.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova York.

A União Europeia anunciou que vai doar mais US$ 7,3 milhões para necessidades de emergência de crianças afetadas pelos conflitos no Iraque.

Com isso, o total doado pela diretoria-geral da Comissão Europeia para Proteção de Civis e Operações de Ajuda Humanitária, chamada de Echo, chegou a quase US$ 21 milhões em 2016.

Mossul

O dinheiro vai ser usado para financiar o trabalho do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, no país.

Segundo a agência da ONU, esse apoio adicional acontece num momento importante com famílias ainda fugindo da violência em Mossul.

O Fundo para a Infância afirmou que houve um aumento das necessidades humanitárias para as pessoas que ainda estão na cidade e a chegada do inverno na região piorou a situação das crianças.

O diretor da Echo, Jean Louis De Brouwer, disse que com as operações militares em Mossul e os combates constantes em Hawija e Telafar, é crucial aumentar a proteção e a assistência humanitária na região.

Ele explicou que o apoio da União Europeia vai cobrir as necessidades de emergência das famílias deslocadas pelos conflitos.

Importante

De Brouwer disse que “é importante fornecer ajuda para crianças afetadas pela guerra no Iraque, muitas delas estão sem frequentar escolas ou receber vacinação há mais de dois anos”.

O programa de ajuda europeu vai apoiar a resposta de emergência implementada pelo Unicef na região no fornecimento de comida, água e produtos de higiene para as famílias recém deslocadas.

Segundo estimativas da ONU, mais de 3 milhões de pessoas estão deslocadas no Iraque e 11 milhões precisam de ajuda humanitária, sendo metade delas crianças.

As Nações Unidas calculam que em 2017, mais 1,2 milhão de pessoas devem ser forçadas a fugir de suas casas por causa das operações militares no país.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud