Conselho de Segurança aprova resolução contra assentamentos israelenses
BR

23 dezembro 2016

Texto recebeu 14 votos a favor e apenas uma abstenção, dos Estados Unidos; documento destaca que Israel precisa acabar com construções nos territórios palestinos, medida essencial para a solução de dois Estados.

Leda Letra, da ONU News em Nova York.

Uma resolução pedindo o fim de todos os assentamentos israelenses em territórios palestinos foi aprovada esta sexta-feira pelo Conselho de Segurança.

O documento recebeu 14 votos a favor e apenas uma abstenção, dos Estados Unidos.

O texto reafirma que o estabelecimento de assentamentos, algo que ocorre desde 1967, “não tem validade legal e viola a lei internacional”, além de ser um “enorme obstáculo para o alcance de uma solução de dois Estados e da paz na região”.

Terrorismo

O Conselho de Segurança exige que Israel pare imediatamente todas as atividades de assentamento nos territórios ocupados palestinos, incluindo em Jerusalém Oriental.

A resolução também pede que sejam tomados os passos necessários para se evitar a violência contra os civis, incluindo “atos de terror e destruição”. O texto menciona a importância de se reforçarem as medidas de combate ao terrorismo.

Um outro pedido é feito tanto para israelenses quanto para palestinos, para que tenham “calma, evitem provocações e retórica inflamatória” e reconstruam a confiança por meio de políticas e de ações que levem à uma solução de dois Estados e à promoção da paz.

Notícias Relacionadas:

População da Palestina vai dobrar nos próximos 30 anos

Ban: israelenses e palestinos devem reconstruir confiança

Lei da legalização de Israel vai reduzir expectativa de acordo de paz

 

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud