Enviado da ONU para Síria diz ser um dia crucial para retirada de Alepo
BR

22 dezembro 2016

Staffan de Mistura afirmou que próximo passo é avaliar os locais para onde essas pessoas estão sendo levadas; Assembleia Geral aprovou resolução para investigar crimes na Síria.

Edgard Júnior, da ONU News em Nova York.

O enviado especial da ONU para a Síria, Staffan de Mistura, afirmou que esta quinta-feira talvez seja um dia crucial para a retirada de civis e de combatentes da região leste de Alepo.

Falando a jornalistas em Genebra, de Mistura disse que o próximo passo é avaliar os locais para onde essas pessoas estão sendo levadas.

Nova Alepo

Ele citou a região oeste de Alepo, que é controlada por forças da oposição e também para Idlib, que segundo o representante da ONU, pode se tornar uma nova Alepo.

De Mistura, junto c om seu conselheiro especial, Jan Egeland, falou ainda sobre a reunião do grupo da Força Tarefa Internacional de acesso humanitário na Síria.

Segundo ele, o grupo está planejando o relançamento das negociações intra-sírias para 8 de fevereiro do ano que vem, em Genebra.

Resolução

Em Nova York, a subsecretária-geral da ONU, Catherine Pollard, disse que a Assembleia Geral aprovou resolução, nesta quarta-feira, que cria um mecanismo internacional e independente para ajudar na investigação e julgamento dos responsáveis pelos crimes mais sérios cometidos na Síria, desde 2011.

O documento recebeu 105 votos a favor, 15 contra e foram registradas 52 abstenções. O mecanismo vai cooperar de perto com a Comissão de Inquérito sobre a Síria, chefiada pelo brasileiro Paulo Sérgio Pinheiro.

Entre os países que votaram contra, estão: Bolívia, China, Cuba, Irã, Rússia, Sudão do Sul, Síria e Venezuela.

A resolução pede a todos os Estados-membros, partes em conflito e grupos da sociedade civil que forneçam todas as informações que tenham à ONU.

O objetivo é coletar, consolidar, preservar e analisar evidências de violações da lei humanitária internacional e abusos dos direitos humanos. Com isso, será possível preparar a documentação necessária para facilitar e acelerar procedimentos criminais independentes.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud